PF localiza 16 trabalhadores estrangeiros enclausurados em bunker em fábrica no RS

Terça, 19 de Outubro de 2021 às 19h54min
A Operação Tavares, investiga a organização criminosa por cooptar cidadãos paraguaios para trabalharem na produção clandestina de cigarros em condições análogas à escravidão
Foto Reprodução/Gaz

Nesta terça-feira, 19, a Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram a Operação Tavares, para desarticular organização criminosa dedicada ao contrabando e à produção clandestina de cigarros. 

Durante cumprimento de mandado no município de Triunfo (RS), 16 trabalhadores, supostamente paraguaios, foram localizados escondidos no subsolo da fábrica, em uma espécie de bunker, onde permaneciam enclausurados. O esconderijo é acessado através de um elevador hidráulico. As vítimas foram resgatadas, após a descoberta do local no início da tarde.

Além do contrabando e falsificação de cigarros, a Operação Tavares, investiga a organização criminosa por cooptar cidadãos paraguaios para trabalharem na produção clandestina de cigarros em condições análogas à escravidão. Ao chegarem ao Brasil, os estrangeiros tinham os celulares apreendidos pelos líderes do grupo e eram levados à “fábrica” , de onde não poderiam sair até o fim do ciclo de produção.

 

*Informações: Agência Brasil e Gaz.

Fonte: Infoco RS
Fotos